Home Nossa História Contato Programação Localização
 

De bem com a vida, de bem com você.

....Cuidai do corpo, mas também do  espirito.

Espirito Protetor – ESE, Cap V.

 

Muitas são as chamadas da mídia, principalmente a televisiva, que pedem para estarmos de bem com a vida. Algumas dessas chamadas referem-se ao que comer, ao que beber, outras as necessidades de noites bem dormidas, passeios, viagens. Algumas dizem respeito a determinados tipos de remédios, alimentação, para facilitar tal função orgânica.  Também com bastante presença, existem aquelas chamadas que falam da necessidade dos exercícios físicos e reforçam as maravilhas de determinados equipamentos.  Tudo isso é bom, saudável e bem vindo. Mas apenas isso é suficiente? Eu não recordo de nenhuma que diz respeito às questões de fundo ou do mundo espiritual. Será que para a mídia não existe o mundo espiritual? Será que apenas são importantes as questões que dizem respeito ao corpo físico, á beleza exterior, aos problemas mentais, emocionais? O porquê desta situação? Os amigos espirituais, que trabalham com o  Mestre Jesus, com o intuito de nos orientarem, esclareceram de modo bastante claro a necessidade de cuidarmos do corpo. Recomendaram  entretanto, com ênfase,  que também cuidássemos do espirito. Portanto deve haver razões maiores para Eles terem feito esta recomendação, Eles que vivem no  mundo espiritual! A experiência e a vivencia traz a experiência, e ela não deve ser desprezada.

Observamos, quando muito, que apenas as religiões e mesmo assim com restrições, dizem e recomendam para o homem cuidar do espirito. Nunca no sentido holístico, mas para não incorrermos em “pecado”.  Importa notar que a recomendação é quase sempre no sentido  de não irmos para o “ inferno” ou para o purgatório. Esta dissociação entre corpo e espirito não traz benefícios para nenhum deles. O corpo é a morada do Espirito, havendo entre eles uma interligação bastante profunda. Tudo que fizermos ao corpo impacta diretamente no nosso espirito, e tudo que fizermos ao nosso espirito tem profundas consequências em nosso corpo. Quando cuidamos de um e não cuidamos do outro, queremos dizer que um é mais importante que o outro. Isso talvez em decorrência que poucos são aqueles que têm uma visão mais ampla da existência do espirito e de sua continuidade no que denominamos de vida após a morte.

Se não se tem informações, conhecimentos, experiências da existência e perpetuidade do espirito, difícil é estabelecer qualquer tentativa de se conseguir uma tratativa igualitária para ambos. Cuidar do corpo é uma tarefa que a criança aprende desde que nasce, pela convivência junto aos pais, familiares e outras crianças. Ouvimos desde criança coisas do tipo: -  esta na hora do banho, vá escovar os dentes, não coma guloseimas antes do jantar, dormir cedo para acordar bem, cuide de sua saúde, etc

Cuidar do espirito, normalmente fica em situação de espera, dependendo de como os pais, os familiares, a sociedade e os filhos, crianças ou adolescente passam a ver e a sentir a vida em si. O Mestre Jesus, em sua parábola do Festim das Bodas deixa estabelecido que muitos são os chamados mas poucos os escolhidos e esclarece ainda que “ Todos  aqueles que não estiverem  vestidos adequadamente serão lançados para fora, onde haverá choro e ranger de dentes”.

Portanto, quanto antes iniciarmos essa tarefa de cuidarmos  do nosso  espirito, melhor serão os resultados colhidos por nós. A espera em muitas vezes não se traduz em ganho, mas em dificuldades futuras.

 

Graças ao Criador.

Home
Nossa História
Contato
Programação
Localização
Allan Kardec
Chico Xavier
Eventos
Informativos
Orientações
Plantão de Orações
Artigos
Grupo de Jovens
Solidariedade
Site Map